Message de bonnes fêtes

Caros compatriotas,


No limiar de cada novo ano é da nossa tradição em Angola, cada núcleo familiar glorificar o nascimento de Jesus Cristo e pouco depois festejar a chegada do novo ano. Na véspera deste que ora termina, cada um de nós cumpriu no seio da sua família esse ritual de há já vários séculos, idealizando uma imensidão de coisas boas para fazer durante o ano que acabava de entrar nas nossas vidas. Lamentavelmente, poucas famílias angolanas realizaram os seus sonhos no decurso deste ano de 2020. A pandemia do Covid 19 inviabilizou todos os nossos projectos colectivos e individuais. Não são poucas as famílias angolanas que ficaram privadas para todo o sempre de alguns dos seus membros, que passaram para a eternidade. Devido à mesma pandemia, que perversamente continua a ditar as regras de convívio humano, e à semelhança de todas as representações diplomáticas em França, a nossa embaixada não organizou nenhuma manifestação festiva em alusão às datas históricas do nosso país, o Dia da Paz, o Dia do Herói Nacional nem por ocasião do dia 11 de Novembro, datada da independência nacional.

Estamos a caminhar para daqui a poucas horas acolhermos um novo ano, o ano de 2021. Vamos renovar as nossas esperanças de podermos lograr com saúde e felicidade o que a pandemia do covid 19 nos privou de realizar. É com este espírito de luta e de vitórias que caracteriza o Povo angolano, que dirijo esta mensagem a todos os membros da grande família angolana radicada em França, transmitindo-vos os meus votos de um Natal ou Dia da Família muito feliz e um Ano Novo próspero. Vamos festejar com responsabilidade, salvaguardando a saúde das nossas famílias, preservando a harmonia no seio de cada uma das nossas famílias, pela saúde social e coesão nacional do nosso povo de Cabinda ao Cunene.


Festas Felizes para toda a comunidade angolana em França.


Paris, 24 de Dezembro de 2020.        



João Bernardo de Miranda

Embaixador da República de Angola na República francesa.

Source  :   

Mis à jour le  :   

24/12/2020

Caros compatriotas,


No limiar de cada novo ano é da nossa tradição em Angola, cada núcleo familiar glorificar o nascimento de Jesus Cristo e pouco depois festejar a chegada do novo ano. Na véspera deste que ora termina, cada um de nós cumpriu no seio da sua família esse ritual de há já vários séculos, idealizando uma imensidão de coisas boas para fazer durante o ano que acabava de entrar nas nossas vidas. Lamentavelmente, poucas famílias angolanas realizaram os seus sonhos no decurso deste ano de 2020. A pandemia do Covid 19 inviabilizou todos os nossos projectos colectivos e individuais. Não são poucas as famílias angolanas que ficaram privadas para todo o sempre de alguns dos seus membros, que passaram para a eternidade. Devido à mesma pandemia, que perversamente continua a ditar as regras de convívio humano, e à semelhança de todas as representações diplomáticas em França, a nossa embaixada não organizou nenhuma manifestação festiva em alusão às datas históricas do nosso país, o Dia da Paz, o Dia do Herói Nacional nem por ocasião do dia 11 de Novembro, datada da independência nacional.

Estamos a caminhar para daqui a poucas horas acolhermos um novo ano, o ano de 2021. Vamos renovar as nossas esperanças de podermos lograr com saúde e felicidade o que a pandemia do covid 19 nos privou de realizar. É com este espírito de luta e de vitórias que caracteriza o Povo angolano, que dirijo esta mensagem a todos os membros da grande família angolana radicada em França, transmitindo-vos os meus votos de um Natal ou Dia da Família muito feliz e um Ano Novo próspero. Vamos festejar com responsabilidade, salvaguardando a saúde das nossas famílias, preservando a harmonia no seio de cada uma das nossas famílias, pela saúde social e coesão nacional do nosso povo de Cabinda ao Cunene.


Festas Felizes para toda a comunidade angolana em França.


Paris, 24 de Dezembro de 2020.        



João Bernardo de Miranda

Embaixador da República de Angola na República francesa.

Fonte  :   

Atualizado  :   

24/12/2020

Livre de la Semaine

"Poemas de Angola"
Agostinho Neto

Musique de la Semaine

Citation de la Semaine

" Il n'est pas nécessaire de réussir pour entreprendre, ni d'entreprendre pour réussir "
Le Duc d'Orange

Vidéo de la semaine